terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Atividades fisicas e queima de calorias



Avaliação Física

Tabela de calorias de atividade física

Quando se fala de gasto calórico em aulas ou em qualquer outro tipo de atividade, deve-se levar em conta alguns fatores como: idade, peso corporal, estatura e nível de condicionamento.

Para atividades predominantemente aeróbias há um gasto calórico aproximado de 5 Kcal para cada litro de oxigênio consumido. É importante ressaltar que essas tabelas de gasto calórico para diferentes modalidades foram elaboradas com base em um indivíduo de referência

De acordo com os especialistas em medicina do esporte Brian J. Sharkey, a pessoa sempre gasta alguma energia, mesmo quando está dormindo. Se ficar na cama por 24 horas sem fazer nada, gasta em torno de 1.600 Kcal (para uma pessoa de 70 kg). O gasto calórico pode ir de 1,2 kcal/min em repouso para mais de 20 kcal/min durante o esforço vigoroso. "A atividade física tem o maior efeito nas necessidades de energia", diz o médico, explicando que a caminhada queima aproximadamente 5 kcal/min e a corrida 15 kcal/min.
A ingestão calórica diária deve ser proporcional ao consumo calórico. Se sua ingestão calórica diária exceder o seu gasto calórico, você ganhará peso. Do contrário, seu peso será mantido.

GASTO CALÓRICO DA ATIVIDADE EM KCAL POR HORA OU POR MINUTO (Calculado para uma pessoa de 70 kg)

Andando de bicicleta180 a 300/hora
Balé8 kcal/min
Basquete10 kcal/min
Beijando8 kcal/min
Beijar e fazer carícias60 kcal/hora
Boxe 11 kcal/min
Caminhada 5,5 kcal/min
Caminhando rápido520 kcal/hora
Caminhar devagar240 kcal/hora
Carregando bebê141 kcal/hora
Capoeira 12 kcal/min
Ciclismo 6 kcal/min
Compra no Supermercado270 kcal/hora
Corrida 10 kcal/min
Corrida500 a 900 kcal/hora
Cozinhar168 kcal/hora
Dança de Salão3,5 kcal/min
Dançando rápido605 kcal/hora
Deitado77 kcal/hora
Digitando95 kcal/hora
Dormindo60 kcal/hora
Escrever10 a 20 kcal/hora
Esqui aquático11 kcal/min
Esqui na neve7,5 kcal/min
Estudar120 kcal/hora
Exercício leve310 kcal/hora
Falando ao telefone85 kcal/hora
Fazer amor190 kcal/hora
Ficar de pé130 kcal/hora
Futebol 9 kcal/min
Ginástica aeróbica6 kcal/min
Ginástica olímpica6 kcal/min
Golfe 3 kcal/min
Handebol 10 kcal/min
Hidroginástica 6 kcal/min
Jiu-jitsu12 kcal/min
Jogando vídeo game108 kcal/hora
Jogar futebol580 kcal/hora
Judô 12 kcal/min
Lavar louça 60 kcal/hora
Limpeza de casa300 kcal/hora
Mountain bike12 kcal/min
Musculação 5 kcal/min
Natação9 kcal/min
Natação500 kcal/hora
Pintar casa160 kcal/h
Remo 11 kcal/min
Squash 13 kcal/min
Subir escada1000 kcal/hora
Surfe 8 kcal/min
Tênis 8 kcal/min
Trabalhar leve em pé150 kcal/hora
Trabalho mental casa60 kcal/hora
Vôlei 6 kcal/min
Saiba mais acessando:
http://bemstar.globo.com/index.php?modulo=avaliacao_fisica

domingo, 21 de dezembro de 2008

Informativos 2008




Queridas irmãs,

Nossos informativos da Sociedade de Socorro de números 1 ao 10 estão disponiveis nos links acima de cada informativo.
Aproveitem , façam cópias ou downloads !!Em breve colocarei os outros números.







Publicação2




quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Técnica Apliquê


Passo 1: Escolha o molde e separe as cores de tecido necessárias para a confecção do trabalho


Passo 2: Risque no lado liso do papel-cola o motivo, peça por peça com um lápis preto.


Passo 3: Recorte as peças do risco deixando uma margem envolta bem pequena.



Passo 4: Coloque os moldes recortados com o lado áspero no avesso do tecido. Passe com o ferro morno, com o vapor desligado, por cima colando o papel-cola.



Passo 5: Recorte o tecido bem em cima do riscado com uma tesoura bem afiada para não deixar rebarbas. Em seguida retire o papel-cola puxando pelas bordas. (A cola já se fixou no tecido)


Passo 6: Arrume o motivo recortado peça a peça na toalha onde vai ser aplicado o trabalho usando o molde como orientação.


Passo 7: Passe novamente o ferro por cima do motivo já montado para fixá-lo à toalha, depois borrife água por cima do trabalho todo e passe novamente com o ferro.(Isso evitará que o tecido encolha na lavagem)


Passo 8: Costure os olhos e o botão da toca, em seguida borde com ponto caseado envolta de cada peça. A linha pode ser da cor das peças ou preta. Depois é só curtir.









domingo, 14 de dezembro de 2008

Fuja de armadilhas na hora de parcelar as compras

Queridas irmãs,

Estamos enviando os destaques destas matérias exibidas na Globo em 11/12/2008 , porque queremos compartilhar com vocês o que é preocupação dos brasileiros, das famílias brasileiras, e obviamente das nossas também. Nestas matérias há lembretes para tomar cuidado com as armadilhas conforme mencionado nas entrevistas.
Normalmente as preocupações e cuidados que se devem ter no fim de ano é lembrarmos que: é no início do ano que recebemos algumas das principais contas para pagar como IPTU, IPVA, Seguros de Carro, Taxas de Conselhos Profissionais, Material Escolar, Uniformes, etc.... (apenas exemplos), onde o valor do nosso 13º salário poderá vir a ajudar parcialmente ou integralmente no pagamento destas despesas, fora nossas despesas fixas. Nestas horas que é importante lembrar do nosso planejamento pessoal e familiar, podendo evitar ou amenizar nossas “dores de cabeça”.
O destaque destas matérias é basicamente cuidado com os juros e o cheque especial. Ótimas dicas são dadas confiram!!!!!!!!

MATÉRIA EXIBIDA NO JORNAL HOJE EM 11/12/2008:
http://g1.globo.com/jornalhoje
(vídeo disponível no site)
Edição do dia 11/12/2008

Fuja de armadilhas na hora de parcelar as compras

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira mostra que as taxas de juros são as mais altas dos últimos anos. Veja qual é a melhor opção para quem vai pagar em prestações.

Comprar a vista é sempre o melhor negócio, isso não se discute. Mas muita gente tem a mesma dúvida na hora de passar no caixa: se não dá pra pagar à vista com desconto, qual o melhor jeito de parcelar?

José Dutra Vieira Sobrinho é professor de Matemática Financeira e explica que o melhor parcelamento é aquele em que o valor à vista é dividido, sem acréscimo. Tanto faz ser no cheque ou no cartão, mas tome cuidado pra não entrar no cheque especial nem no crédito rotativo do cartão. “Esses são os dois grandes vilões do mercado, com taxas em torno de 10%”, ele reforça.

Para quem não paga a fatura inteira, os juros aumentaram de 10,46% em outubro para 10,56% em novembro – os mais altos desde julho de 2003. Para quem entra no cheque especial, a taxa subiu de 7,93% para 8,2% – a maior desde junho de 2006.

Os crediários das lojas também têm juros altos, segundo o professor Vieira Sobrinho. Melhor é procurar um banco, fazer um crédito consignado, que tem juros menores, e comprar à vista. “Com dinheiro na mão, é mais fácil negociar um desconto e você tem chances de fazer um negócio melhor”, diz o professor.

Uma regra importante: quanto mais longo o financiamento, mais o consumidor paga de juros. Por isso, a consultora imobiliária Isabel Cardoso não gosta de perder de vista as prestações. “Não gosto porque às vezes os juros estão embutidos, procuro sempre pagar à vista”, ela diz.

Quem precisa fazer parcelamentos mais longos e se atrapalha com os juros pode seguir outra dica do professor Vieira Sobinho: calcule em quanto tempo que pagar, compare o financiamento de mesmo prazo em três ou quatro lojas diferentes e compre onde o valor da parcela for menor.

MATÉRIA EXIBIDA NO BOM DIA PARANÁ EM 11/12/2008
http://portal.rpc.com.br/tv/paranaense
(apenas vídeo disponível no site)

Gratidão (poema)





(Autor:Renato Veneroso)


Se se lamenta da fadiga,
sê grato pois que ainda tem o trabalho;

Se reclama da falta de dinheiro ou da matéria,
sê grato pois o que te falta hoje, para muitos nunca existiu;

Se se lamenta por ter falhado ou fracassado,
sê grato pois que teve a oportunidade de tentar;

Se reclama do sol ou da chuva, do vento ou do frio,
sê grato pois que a natureza está à sua volta;

Se está aborrecido ou triste com um amigo ou familiar,
sê grato pois que ainda os tem em sua vida;

Se se sente só e desamparado,
sê grato pois que ainda tem a sí próprio;

Se se lamenta da enfermidade ou da doença que te aflige,
sê grato pela vida que ainda há em tí;

Se seus pés doem porque sangram ao pisar sobre os espinhos do caminho,
sê grato pois que ainda pode caminhar;

Se se aflige com a morte inevitável do corpo,
sê grato pela vida eterna que te aguarda;

Se pensa que todas as suas preces têm sido em vão,
sê grato pois que ainda sabe orar;

Mas se de tudo ainda pensar que vida é dura e ingrata demais para tí,
e as lágrimas lhe vierem aos olhos, ainda assim e mais do nunca,
sê grato a Deus pois que seu coração ainda pode sentir.


terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Atividade de Aprimoramento

No dia 02 de dezembro tivemos nossa última Atividade de Aprimoramento, foi um sucesso , contamos com a presença de mais ou menos 30 irmãs, dentre elas visitantes e pesquizadora. Agradecemos a todas que participaram nos apoiando. Agradecemos também a nossa especialista, a irmã Kenia Cabral da Ala 4. Vejam nossas fotos no site: http://picasaweb.google.com.br/home







Encontro de Casais

Assistam o video do nosso Encontro de Casais que aconteceu em outubro de 2008.Estamos ansiosas pelo proximo encontro, mande suas ideias/sugestões para o proximo encontro nos nossos comentarios.


video

domingo, 7 de dezembro de 2008

Gratidão é a memória do coração




TUDO NA VIDA TEM UM PORQUE, E CERTAMENTE SOMOS GUIADOS POR UMA FORÇA MUITO MAIOR.

História verdadeira e muito interessante.


A historia de Moshj que no mês de agosto de 2001, um bem sucedido empresário judeu, viajou para Israel a negócios.Na quinta-feira, dia nove, entre uma reunião e outra, o empresário aproveitou para ir fazer um lanche rápido em uma pizzaria na esquina das ruas Yafo e Mjlech George no centro de Jerusalém. O estabelecimento estava superlotado.
Logo ao entrar na pizzaria, Moshj percebeu que teria que esperar muito tempo numa enorme fila, se realmente desejasse comer alguma coisa - mas ele não dispunha de tanto tempo.Indeciso e impaciente, pôs-se a ziguezaguear por perto do balcão de pedidos, esperando alguma solução.Percebendo a angústia do estrangeiro, um israelense perguntou-lhe se ele aceitaria entrar na fila na sua frente.
Mais do que agradecido, Moshj aceitou. Fez seu pedido, comeu rapidamente e saiu em direção á sua próxima reunião.Menos de dois minutos após ter saído, ele ouviu um estrondo aterrorizador. Assustado, perguntou a um rapaz que vinha pelo mesmo caminho que ele acabara de percorrer o que ntecera. O jovem disse que um homem-bomba acabara de detonar uma bomba na pizzaria Sbarro’s. Moshj ficou branco. Por apenas dois minutos ele escapara do atentado. Imediatamente lembrou do homem israelense que lhe oferecera o lugar na fila. Certamente ele ainda estava na pizzaria.
Aquele sujeito salvará a sua vida e agora poderia estar morto. Atemorizado, correu para o local do atentado para verificar se aquele homem necessitava de ajuda. Mas encontrou uma situação castiça no local.A Jihad Islamica enchera a bomba do suicida com milhares de pregos para aumentar seu poder destrutivo. Além do terrorista, de vinte e três anos, outras dezoito pessoas morreram, sendo seis crianças. Cerca de outras noventa pessoas ficaram feridas, algumas em condições críticas.As cadeiras do restaurante estavam espalhadas pela calçada. Pessoas gritavam e acotovelavam-se na rua, algumas em pânico, outras tentando ajudar de alguma forma.
Entre feridos e mortos estendidos pelo chão, vítimas ensangentadas eram socorridas por policiais e voluntarios. Uma mulher com um bebê coberto de sangue implorava por ajuda.Um dispositivo adicional ja estava sendo desmontado pelo exército. Moshj procurou seu "salvador" entre as sirenes sem fim, mas não conseguiu encontrá-lo. Ele decidiu que tentaria de todas as formas saber o que acontecera com israelense que lhe salvara a vida. Moshj estava vivo por causa dele. Precisava saber o que acontecera, se ele precisava de alguma ajuda e, acima de tudo, agradecer-lhe por sua vida.
O senso de gratidão fez com que esquecesse da importante reunião que o aguardava. Ele começou a percorrer os hospitais da região, para onde tinham sido levados os feridos no atentado. Finalmente encontrou o israelense num leito de um dos hospitais. Ele estava ferido, mas não corria risco de vida. Moshj conversou com o filho daquele homem, que já estava acompanhando seu pai, e contou tudo o que acontecera. Disse que faria tudo que fosse preciso por ele.Que estava extremamente grato àquele homem e que lhe devia sua vida. Depois de alguns momentos, Moshj se despediu do rapaz e deixou seu cartão com ele. Caso seu pai necessitasse de qualquer tipo de ajuda, o jovem não deveria hesitar em comunicá-lo.
Quase um mês depois, Moshj recebeu um telefonema em seu escritório em Nova Iorque daquele rapaz, contando que seu pai precisava de uma operação de emergência. Segundo especialistas, o melhor hospital para fazer aquela delicada cirurgia fica em Boston, Massachussets. Moshj não hesitou. Arrumou tudo para que a cirurgia fosse realizada dentro de poucos dias. Além disso, fez questão de ir pessoalmente receber e acompanhar seu amigo em Boston, que fica a uma hora de avião de Nova Iorque. Talvez outra pessoa não tivesse feito tantos esforços apenas pelo senso de gratidão. Outra pessoa poderia ter dito "Afinal, ele não teve intenção de salvar a minha vida: apenas me ofereceu um lugar na fila".
Mas não Moshj. Ele se sentia profundamente grato, mesmo um mês após o atentado. E ele sabia como retribuir um favor. Naquela manhã de terça-feira, Moshj foi pessoalmente acompanhar seu amigo e deixou de ir trabalhar. Sendo assim, pouco antes das nove horas da manhã, naquele dia onze de setembro de 2001, Moshj não estava no seu escritório no 101: andar do World Trade Center Twin Towers.

"Entrai pelas portas dele com gratidão, e em seus átrios com louvor; louvai-o, e bendizei o seu nome." Salmos 100:4

sábado, 6 de dezembro de 2008

Retrospectiva 2008

No dia 02 de dezembro tivemos nossa ultima Atividade de Aprimoramento, contamos com a presença da irmã Kenia, da Ala 4, que participou como nossa especialista e nos ensinou a técnica do apliquê. Neste dia também assistimos ao video Retrospectiva 2008, onde fotos das irmãs que participaram do nosso informativo "A Alva Rompe", foram apresentadas junto com o tema da Sociedade de Socorro, além das imagens das atividades do ano. Não deixem de assistir ao video!!

video

 
© 2007 *By Templates para Você*